sexta-feira, 27 de maio de 2011

Tá.

Tinha escrito isso a um tempinho. Tinha até esquecido já, mas achei e resolvi postar agora. :)

Mas que ironia, hein? O menino que dizia que nunca iria amar a menina e a menina que achava o menino um galinha. Mas agora, um gosta do outro, né?
Tá certo, eu não vou mais esconder isso, eu gosto de você, gosto mesmo. Resolvi deixar isso público, ok? Não sabia a maneiro mais certa de lhe contar, então postei ai.
Sabe, andei pensando em jogar tudo fora, fugir e ir embora para mais perto de você. Mas o medo conseguiu me conter, o medo de você me achar estranho ou algo do tipo, sabe?
Enfim, desculpe levar tanto tempo pra lhe contar isso, mas tá ai.

quinta-feira, 26 de maio de 2011

É...

Já não lembro mais de seu rosto ao acordar, não penso tanto em você antes de dormir, não escrevo seu nome em meu caderno demasiadas vezes ao dia sem perceber. Mas ainda tenho saudades, sabe? Não sei porque, mas queria te encontrar, uma última vez. Pra lembrar de todas as vezes em que te amei, te abracei e te beijei. E também para poder perguntar novamente tudo aquilo o que eu já cansei de perguntar.

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Cansei.

Não sinto mais vontade alguma de postar. Ou até mesmo de escrever no ônibus da escola só pra amassar e jogar fora depois. Não sei se é por que estou doente ou sem motivação mesmo.
Esses dias percebi que já posto a mais de um ano. Enfim, parabéns ao blog, mas acho que já está na hora de parar, sei lá.

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Palavras ao vento.

Ando por aí querendo te encontrar, em cada esquina paro em cada olhar, deixo a tristeza e trago a esperança em seu lugar. Que nosso amor pra sempre viva, minha dádiva. Quero poder jurar que essa paixão jamais será palavras apenas, palavras pequenas, palavras...

Cássia Eller

sábado, 21 de maio de 2011

Corcovado.

Hoje, primeiro e segundo ano do turismo foram ao Corcovado. Minha primeira vez lá, uma experiência ótima! Sem contar com o a história do Rio de Janeiro lá no centro contada pelos dois melhores professores que já tive haha. Agora, que venha São Paulo, de novo! :)

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Amanda,

Obrigado pela conversa por torpedos hoje. Acho que fiquei mais feliz depois de ler as coisas que você me disse. É, isso é bom.

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Acho que o sentimento acabou. Finalmente.
Agora, cabeça erguida e um passo de cada vez. Com muita calma.

terça-feira, 3 de maio de 2011

Não deixe o amor passar.

Quando encontrar alguém e esse alguém fizer seu coração parar de funcionar por alguns segundos, preste atenção: pode ser a pessoa mais importante da sua vida.
Se os olhares se cruzarem e, neste momento, houver o mesmo brilho intenso entre eles, fique alerta: pode ser a pessoa que você está esperando desde o dia em que nasceu.
Se o toque dos lábios for intenso, se o beijo for apaixonante, e os olhos se encherem d’água neste momento, perceba: existe algo mágico entre vocês.
Se o primeiro e o último pensamento do seu dia for essa pessoa, se a vontade de ficar juntos chegar a apertar o coração, agradeça: Deus te mandou um presente: O Amor.

Por isso, preste atenção nos sinais - não deixe que as loucuras do dia-a-dia o deixem cego para a melhor coisa da vida: O Amor.



Carlos Drummond de Andrade