quinta-feira, 28 de abril de 2011

Alegria Compartilhada é alegria redobrada

Finalmente baixei! Alegria Compartilhada, o novo álbum do Forfun. Sinceramente, ainda não terminei de ouvir, mas é cada música melhor que a outra! *-*
Ah, é claro que Forfun não significa tanto como Harry Potter significa pra mim, mas vale a pena um post pra isso! E claro, a espera valeu a pena. Músicas perfeitas, gostosas de ouvir, letras inteligentes. Alegria Compartilhada segue o mesmo caminho do Polisenso. Espero ansiosamente pelo show do dia 30, na lona. Pena que minha nova blusa deles não vá chegar até lá.

Ah! Que maravilha ver
Eu e minha tribo
Tranqüilidade, só lazer
Prevalece o Amor ♪

Obrigado, Joanne.

Por ter me proporcionado a melhor fase de minha vida e por tornar meus dias mais felizes. Se não fosse por você, meus dias seriam bem mais calmos, chatos. Graças a você, conheci pessoas maravilhosas, fiz amigos fantásticos, em cada parte desse mundo. Se não fosse por você, eu e várias pessoas teríamos vidas monótonas e sem graça.
Obrigado Joanne Kathleen Rowling, por ter criado o ousado Harry, o atrapalhado Rony e a inteligente Hermione. Obrigado por ter mudado não só a minha, mas a vida de milhões de pessoas.
Sei que você nunca irá ler isso, mas como último filme já está chegando e é inevitável dizer que não é o fim. Então, precisava agradecer a você, por toda essa inteligência e por essa história maravilhosa, que mudou minha vida.

sábado, 16 de abril de 2011

M.

Eu poderia escrever mil canções só pra você
Poderia te falar meus motivos pra gostar tanto de você
Me diz quando a gente vai se ver
Pra eu poder te abraçar
E tentar te explicar
A falta que você me faz
Eu não aguento mais
Ficar tão longe de você
Você me diz que não tá bem
Que não para de pensar em mim também
Agora antes de dormir
Por dois segundos, eu consigo até sorrir
Porque, essa complicação
Distância é o fim pra quem tem coração
Será que eu devo te dizer
Que eu quase choro, quando falam de você
Mais eu consigo segurar
Pra ter certeza, que ninguém vai reparar
Que eu to cada vez pior
E a saudade em mim é cada vez maior

Dia 21 de abril de 2011. Não aguento mais, acho que vou ficar louco. Cada dia parece um mês nessa ansiedade. Esses quatro dias em São Paulo serão os melhores da minha vida, junto com você! *-*

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Enjoei de escrever. Só Deus sabe como eu queria estar dormindo agora. Mas faz muito tempo que não durmo direito.
Quando consigo me deitar, faço de tudo para dormir logo: conto carneiros, cachorros, cavalos; penso na Lize, na Mariana, em todos os meus amigos. Penso muito no Juan. Algumas vezes, tento fechar os olhos e me dou ordens de dormir e, quando isso não funciona, uso psicologia reversa e me mando ficar acordado.
Ando lendo muito essas noites. Depois de um tempo, fico com os olhos cansados e pesados. Enquanto me viro para guardar meu livro e desligar a luz acabo me despertando.
Cansei de escrever. Outro dia eu posto mais, quem sabe.